Relacionamentos, limites e poder pessoal

voltar a Agenda

Treinamento em Constelações Familiares e Sistêmicas com Úrsula Franke-Bryson.

Certificação Internacional pelo ISPAB (Alemanha) e Instituto 89 (Brasil)

A nossa família, os nossos relacionamentos, a nossa vida – Relacionamentos, limites e poder pessoal.

Nossa família são as pessoas mais importantes em nossas vidas. Como podemos viver melhor com elas amorosamente com mansidão e de corações abertos e ao mesmo tempo desenvolver nossa criatividade, força e alegria?

Neste workshop exploraremos as nossas raízes, os nossos laços e as nossas intenções, que nos ajudam a desenvolver o nosso potencial, e desenvolveremos os tópicos essenciais sobre relacionamento, limites e poder pessoal. Em termos de psicologia evolutiva, relacionamentos em redes sociais complexas significam vida. Se uma criança é vista e cuidada, há esperança. Saber onde um ser pertence é central à identidade e à sobrevivência. A relação primária com a vida, a família e o ambiente é crítica para o crescimento e desenvolvimento. Sem relações equilibradas, o indivíduo, o grupo e a linhagem não sobrevivem.

Os limites definem relações: Dentro do corpo, entre os indivíduos e com a própria vida. Equilibrar a troca entre fronteiras cria energia e oferece segurança. Através de trauma, encontros com a morte e situações difíceis, as fronteiras podem tornar-se mais rígidas e menos responsivas às circunstâncias em mudança. Estas estruturas desatualizadas são os próprios sintomas que levam ao sofrimento e à busca de mudança e paz.

O poder pessoal é sobre a autenticidade e a conexão com a realidade – com a verdade de quem somos e com as circunstâncias da vida. Quando alguém está presente aqui e agora, tem mais energia, as escolhas são mais eficazes, os relacionamentos têm mais intimidade e a comunicação é melhorada. Em resumo, o poder pessoal está em vir completamente para a idade adulta e viver de acordo aos nossos eus mais profundos.

Neste treinamento, os participantes aprenderão:

– Como somos atraídos para os transes e para sair rápida e facilmente desses transes para que possamos nos envolver na vida com mais facilidade, poder e liberdade.

– Reconhecer a importância e desenvolver fronteiras apropriadas e responsivas, de forma que nossos relacionamentos apoiem nossos valores e intenções mais profundos.

– Para melhorar a clareza e tornar-se mais confortável ser quem somos.

Mais Informações


newsletter

Digite seu e-mail para receber nossas atualizações